terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

No embate

Amanhã, Arnaldo Jordy (PPS) e Bernadete ten Caten (PT) vão disputar a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Alepa.

6 comentários:

Anônimo disse...

Jordy! Jordy! Jordy!

Anônimo disse...

Ah, que gracinha, PMDB e PSDB votam em JORDY QUE VOTOU NO BOSCO para presidente da CCJ.

ISSO É JORDY!!!

Anônimo disse...

O Jordy não muda, e pensa que me engana. Então tá. Essa parada não é política, é moral. Tá certo Jordy! Daí, sem chance de NEGOCIAÇÃO.

Franssinete Florenzano disse...

Não tenho procuração para defender Jordy, mas sou testemunha de que é um ótimo deputado, e não merece comentários maldosos.

Anônimo disse...

O Jordy vai levar o Priante junto???

Anônimo disse...

DESPERTADOR: minha querida, vou tecer alguns comentários sobre a sua afirmação. Quando um indivíduo resolve assumir a vida pública, exercendo um mandato político, ele deixa de ser avaliado pelos seus atos individuais e passa, necessariamente, a ser observado pela capacidade de fazer política e principalmente pelos acordos que formaliza. Não tenho a menor dúvida, apesar de não conhecer pessoalmente(apenas informações), que o Dep. JORDY é uma grande pessoa, mas politicamente está adentrando num terreno movediço. As opções políticas, os encaminhamentos, as alianças, são um grande indicativo!