quinta-feira, 12 de março de 2009

Para o interior, as batatas

A jornalista Ana Célia Pinheiro detona na Perereca da Vizinha: o Governo do Estado prevê gastar R$ 207.115.718,00 no programa Gestão da Comunicação Governamental, com o objetivo de “publicizar as políticas públicas, os programas e atos governamentais”. Detalhe: a quase totalidade dessa dinheirama será aplicada na Região Metropolitana de Belém; apenas uns R$ 40 mil irão para o interior.

Sobrestado

A ministra Ellen Gracie mandou suspender as eleições em Santarém mas também não deferiu o retorno de Maria do Carmo à Prefeitura. Endossando a velha máxima de que cautela não faz mal a ninguém, a magistrada recomendou que se espere até o julgamento da questão pelo STF, a fim de não criar novos sobressaltos e instabilidade político-jurídica no município.

Sem tutela


Não vislumbro o preenchimento dos requisitos autorizadores para concessão da liminar, quais sejam, a relevância do direito alegado pelo Impetrante e o perigo de dano irreparável ou de difícil reparação, uma vez que o impetrante não carreou aos autos provas suficientes a comprovar a ofensa ao seu direito líquido e certo." (desembargador Cláudio Montalvão, do TJEPA, negando o pedido do ex-diretor geral do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, Miguel Wanzeller, para que a justiça suspendesse a decisão da governadora Ana Júlia Carepa, que o dispensou do cargo).

Muro abaixo

O juiz Carlos Alberto Flexa de Oliveira, da 1ª Vara Cível de Barcarena, expediu mandado para que sejam demolidos muros construídos na faixa de domínio da PA-481 pelas empresas Polimix Concretos, M. Melo e Ciplan. O oficial de justiça irá cumprir a ordem amanhã, às 8 horas. A Setran vai literalmente passar o trator e a Polícia Militar dará segurança à operação. A área fica a 200 metros do segundo trevo da rodovia, conhecido como Trevo do Peteca. O juiz Raimundo Rodrigues Santana, então titular da Vara Cível de Barcarena, havia deferido liminar em favor do Estado do Pará em março de 2008. Atualmente, tramitam na justiça mais sete ações com o mesmo teor.

Oeste de fora

A governadora Ana Júlia Carepa anunciou ontem a implantação da Universidade do Sul e Sudeste do Pará, que vai funcionar no município de Marabá e está orçada em R$ 358 milhões. Oferecerá cursos nas áreas de Medicina, Enfermagem e Engenharia e terá campi em Marabá, Tucuruí, Xinguara e Rondon do Pará. Não custa perguntar: e a Universidade do Oeste do Pará, sai ou não sai? O povo da minha região quer saber.

Giovanni & Tereza

O deputado federal Giovanni Queiroz vai enquadrar a vereadora Tereza Coimbra. Ou ela assume que é da bancada governista em Belém, ou sai do PDT. Que pedirá o mandato, lógico.

Kits & terras

Nunca, neste Pará, o governo precisou tanto de bons advogados e especialistas em comunicação.

Santarém ferve

Nem bem assumiu interinamente, o prefeito de Santarém, José Maria Tapajós, já está na marca do pênalti. É que ele admitiu candidamente em entrevista ao blog do Jeso que é dono da empresa Jotabel Indústria Comércio e Navegação Ltda. - vencedora de licitação da Secretaria Municipal de Educação e Desporto, no valor de R$ 40 mil, mas que seus filhos é que tocam o negócio. O DEM já vai pedir a cassação de Tapajós, eleito vereador e presidente da Câmara.