quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Ameaça de morte

“Você tá procurando uma bala na cabeça ou uma morte estilo irmãos Novelino."

Comentário no post Levando ferro. Tornando a ameaça de morte pública, peço desde já as providências necessárias para garantia de minha vida e de minha família. Que a polícia civil, através da delegacia especializada, localize de quem partiu, que investigue, que o MP promova a denúncia e o Judiciário aja com presteza.

E a lei?

Rosana Barleta, ré em duas ações criminais propostas pelo MPE, acusada de participar das fraudes em licitações que desviaram R$ 8 milhões e também de incluir funcionários fantasmas na folha de pagamento, em desvios de R$ 9 milhões, apontada na recente auditagem especial feita no exercício de 2010 da Alepa, pelo TCE, como uma das principais envolvidas nas irregularidades, e uma das 26 pessoas que tiveram os sigilos bancário e fiscal quebrados por determinação da justiça, assim como as contas bloqueadas e os bens sequestrados para o ressarcimento do erário, está – acreditem! – em processo de aposentadoria.